O morcego, ainda que considerado símbolo de herói nos cinemas, no perímetro urbano é visto como uma praga. Isso se dá principalmente pelo inconveniente vindo de alojamentos desse mamífero nos forros das casas e apartamentos e também em função do excremento que muitas vezes escorre pelas paredes do local, causando um problema de higiene.
A forma de organização dos morcegos consiste em agrupar-se em colônias, o que na cidade representa locais como sótãos, porões, forros de telhados, pisos falsos, entre paredes duplas, garagens, vãos de dilatação entre prédios, caixas de máquina, caixas de ar-condicionado, caixilhos de persianas, chaminés de lareiras e churrasqueiras.

Doenças causadas por Morcegos

Além da raiva, os morcegos são transmissores potenciais de histoplasmose (popularmente conhecida como infecção respiratória). Isso acontece em função da presença de fungos, os quais se desenvolvem nas fezes do animal e podem contaminar o ar do ambiente mal limpo.

Medidas preventivas
Isole ou vede, com telas ou alvenaria, os locais que permitem o abrigo dos animais, como os forros.