Muitas espécies de moscas agem como vetores de micro-organismos patogênicos para pessoas e animais. A mosca doméstica é a espécie mais comum em ambientes urbanos, costumam ser mais ativas nas horas mais quentes do dia, podem voar por grandes distâncias e pousam preferencialmente sob superfícies estreitas e longas como, por exemplo, fios.

Doenças Causadas por moscas

As moscas podem transmitir doenças porque estão em contato constante com materiais em decomposição, como fezes ou sujeira, transportando bactérias capazes de causar algumas doenças, como:

  • Disenteria;
  • Diarreia;
  • Micose;

Estas doenças podem ser transmitidas pelas moscas domésticas porque as bactérias, normalmente, ficam grudadas no seu pelo, podendo ser liberadas sobre a comida ou dentro de feridas na pele, quando entram em contato direto com os humanos.

Além disso, as moscas podem ingerir bactérias que se mantêm vivas durante alguns dias dentro do animal, sendo depositadas na comida humana quando a mosca utiliza a saliva para se alimentar.

Medidas preventivas

Alguns cuidados simples para evitar as moscas domésticas e, consequentemente, as doenças que transmitem são:

  • Não deixar acumular o lixo mais de 4 dias dentro de casa;
  • Lavar o fundo do recipiente onde é colocado o lixo com água sanitária 1 vez por semana;
  • Utilizar um prato ou outro utensílio para tapar a comida, evitando deixá-la exposta;
  • Evitar comer comida que esteve em contato direto com moscas;
  • Colocar redes contra moscas e mosquitos nas janelas;
  • Usar uma rede mosquiteira para dormir, especialmente no caso dos bebês.